domingo, 24 de abril de 2016

É possível um estudante de escola pública passar para o Colégio Naval sem fazer cursinho?

O que você acha? É possível que um menino pobre de 15 anos que estuda em uma escola pública Municipal em Bangu, no Rio de Janeiro, passe para o Colégio Naval?

Eu diria que sim! Porque já tive dois alunos que passaram: Pedro e Alisson. Eles serviram de exemplo e inspiração para os outros alunos da escola. A história deles, da entrada no Colégio Naval em 2007 até a formatura na Escola Naval em 2014, já está neste blog (postagens dos anos anteriores). Eles estudaram muito no 8º e 9º ano, adiantando sozinhos, através dos livros, apostilas, provas anteriores, o conteúdo necessário para passarem nos concursos. Mas não conseguiram passar de primeira para o CN, como normalmente acontece, mas passaram em todos os outros concursos que fizeram. No ano seguinte fizeram um ano de cursinho preparatório e conseguiram realizar o sonho de passar para a Marinha. Hoje são dois rapazes maravilhosos, íntegros, fortes, bom caráter, realizados, encaminhados na vida e muito felizes.


Entrada no Colégio Naval (ensino médio) em 2007
Formatura na Escola Naval (ensino superior) em 2014


Em 2015 eu tive a grata surpresa de um outro menino Ari Guilherme, inspirado nesses dois,  querer fazer a prova para o Colégio Naval. 
Ele me perguntou: Professora será que eu consigo passar? 
Eu disse que seria muito difícil, pois ele não tinha se preparado para esse concurso, mas que não era impossível. 
Aí ele perguntou: Então vale a pena fazer a prova? 
Eu disse: Claro filho, no mínimo você vai pegar experiência e terá visto se é isso ou não que você quer.  

Pois bem, ele foi lá e fez a prova com a tranquilidade de quem não está esperando nada com isso. No dia do resultado ele me mandou uma mensagem pelo Whatsapp: Professora, o que é isso? Meu nome está no site da Marinha. Eu corri e chamei minha filha para ela abrir o site da Marinha. Quando vimos o nome dele entre os aprovados não contivemos o choro. Foi uma surpresa incrível! Um momento inesquecível! Eu respondi para ele: Isso é que você passou. Ele não queria acreditar, achou que tinha algo errado. O coração parecia que ia explodir de felicidade e surpresa.
Na escola eu perguntei a ele se estava preparado para o teste físico. Se corria bem e sabia nadar. A resposta foi não. Ele disse: Eu só ando de bicicleta e não sei nadar direito. 
Fui com ele até a Universidade Castelo Branco, que tem um centro esportivo, para ver se conseguia uma preparação intensiva para ele, porque teria aproximadamente um mês para se preparar.
A recepcionista me falou espantada: Senhora, seu filho está se preparando para um concurso como esse e a senhora não pensou na preparação física? Eu falei para ela que ele não era meu filho e que também não estava se preparando para o concurso, que foi uma surpresa para todos nós ele ter passado. Peguei todas as informações e ele levou para casa. No mesmo dia a mãe foi com ele e fez a inscrição. Ele fez duas horas de preparação todos os dias incluindo a corrida e a natação. Teve ajuda, também, do professor Flavio na nossa escola, que foi Fusileiro Naval, que deu algumas dicas de como é o teste físico. Ele entrou em contato com o Pedro no Facebook que também deu algumas dicas e ficou super feliz em ter servido de inspiração para o Ari.
No dia do teste físico a mãe dele, D. Rose, ficou esperando e conversando com os outros pais lá fora do Centro de Formação da Marinha. Quando ela disse que ele tinha passado, de primeira, sem fazer cursinhos ninguém acreditou. Acharam que ela estava querendo contar vantagens e estava mentindo. A maioria dos meninos faz um, dois ou até três anos de cursinhos caros e de uma rotina intensa de estudo. Para esses pais seria impossível um menino passar, de primeira, sem fazer cursinho. Mas foi verdade e ele conseguiu passar também nos testes físicos. No resultado final ele ficou na reclassificação, tendo 9 pessoas na sua frente e não foi chamado. Ele também passou em outros concursos e está muito bem, mas o resto conto em outra postagem. 
Em matemática se alguém afirmar que nenhum consegue e você provar que pelo menos um conseguiu, você já negou a afirmação anterior. E eu estou aqui para provar que é possível sim. É possível que estudantes pobres de escola pública sem condições de pagar cursinho passem para concursos de alto nível como o Colégio Naval. 


















sábado, 23 de abril de 2016

Lição de casa. Certo ou errado?



Hoje o programa Como Será? da Rede Globo, que diga-se de passagem eu acho maravilhoso mostrou uma escola na Flórida onde o diretor Mr. Peter conseguiu excelente desempenho dos seus alunos através da simpatia, carinho atenção e a força propulsora chamada motivação : "Motivação ou estado motivacional é um conjunto de impulsos internos que nos levam a realizar certos ajustes corporais e comportamentais, refletindo a extensão para a qual o organismo está preparado para reagir física e mentalmente de maneira focada (Lent, 2010)"
Ao sentirem-se amadas, respeitadas, aceitas como são e estimuladas as crianças se motivam e com alegria e brilho nos olhos elas amam estudar e ir para a escola retribuindo o carinho do diretor que também se motiva a fazer mais e melhor por elas. Veja a reportagem http://glo.bo/1pslw0U

Mr. Peter acredita que eles não devam fazer lição de casa e isso gerou uma outra reportagem, muito boa por sinal com a pedagoga Adriana Camejo. Que falou sobre o fato de que lá as  crianças ficam 6h na escola e conseguem fazer a lição de casa lá, também falou da questão da idade, mas uma coisa não foi dita. Por estarem motivadas, elas não precisam ser obrigadas a fazerem lição de casa, elas mesmas geram interesse próprio e querem aprender mais e vão para casa com vontade de pesquisar e estudar mais. Veja a reportagem http://glo.bo/1ViOXAV

USANDO A LÓGICA!!

Primeira pergunta aos pais:
O professor consegue dar todo conteúdo, ensinar toda a matéria, fazer todos os exercícios e tirar todas as dúvidas de todos os alunos no tempo que tem em sala de aula?

Se a sua resposta for não. Então você entende que o tempo é limitado em sala de aula e que  o professor dá o resumo do conteúdo e apresenta uma forma facilitadora para aprendizagem daquele conteúdo para os alunos, apresenta exemplos e ajuda os alunos na solução de alguns exercícios. Mas não dá tempo para os alunos processarem todas as informações, terem dúvidas importantes para perguntarem, de praticar e nem de fazer aprofundamento do conceito.


Observe o diálogo com meus alunos:

Eu: Para que serve o caderno?
Eles: para copiar. 
Eu: Copiar para quê? 
Eles: para estudar depois.
Eu: E vocês fazem isso? Onde? Quando?

Eu: Para que serve o livro e por que vocês o levam para casa?
Eles: para estudar.
Eu: E vocês fazem isso? Onde? Quando?

Segunda pergunta aos pais:
O aluno que se limita só ao que é dado na sala de aula é um bom estudante ou é um estudante limitado?
Se a sua reposta for limitado. Você já entendeu a importância de se estudar em casa. O estudante precisa de tempo para tentar fazer os exercícios, ter as próprias dúvidas, fazer as as próprias descobertas e buscar o aprofundamento necessário para alcançar o seu objetivo.

Cabe ressaltar que precisamos acabar com o mito de que dúvidas e erros são sinais de burrice. Na verdade são de inteligência. Dúvidas e erros são importantíssimas para o processo de aprendizagem, é por tentativa e erro, persistência, busca de uma nova solução que chegamos ao acerto e geramos o prazer pela descoberta, pela aprendizagem e reforçamos a crença na nossa capacidade. Isso gera felicidade!!!

Observe outro diálogo:

Eu: Por que você não fez o trabalho?
Ele: Porque eu não sei fazer.
Eu: E como você vai aprender se não fizer?
Ele: E como vou fazer se eu não sei?
Eu: Então, me diga: Você só vai tocar violão o dia que aprender a tocar?
Ele: Não. 
Eu:  Você aprende a tocar violão tocando. Exercício não é para mostrar que sabe é para aprender, logo não precisa acertar, precisa tentar fazer, certo ou errado e continuar tentando.
        Quem desiste de tentar logo na primeira dúvida não irá aprender e isso é muiiiiiiiiiito prejudicial ao desenvolvimento cognitivo e emocional.


Lembro da minha filha que chegava da escola toda feliz dizendo que tinha "tabalinho" de casa pra fazer. Não tinha quem a fizesse tomar banho e comer antes de fazer o "tabalinho". Tirar essa motivação dela seria destruir todo encanto com a aprendizagem. Para ela não era uma obrigação era uma diversão e continua sendo assim até hoje. 
Criança adora aprender, adora descobrir coisas novas, o problema não é o dever de casa, mas a forma como ele é cobrado pela escola e pelos pais que tira o prazer das crianças e vira uma obrigação chata que eles querem fugir o tempo todo.
Minha filha estudou no ensino fundamental I em uma escola construtivista LUARTE A CASA DO CURUMIN em Bangu onde a motivação e o prazer em aprender são muito valorizados. O conteúdo não é o fim e sim o meio para se desenvolver a aprendizagem (eles dão todo o conteúdo muito bem dado). Depois estudou no ensino fundamental II e o ensino médio no Colégio Militar do RJ na Tijuca e  ama de paixão o CM. Ela passou de uma escola construtivista para uma conteudista e não sentiu nenhum impacto, pois sempre foi educada, disciplinada e ama estudar. Ela passou em três universidades militares (AFA, EFOMM e EN), duas públicas (UERJ - oceanografia, UFF - geofísica -1º lugar na classificação pelo ENEM) e duas particulares (PUC e FGV), optou pela FGV e ganhou bolsa integral por mérito acadêmico (7º lugar no vestibular). Hoje aos 20 anos fazendo um curso pesado de matemática aplicada ela chega em casa toda feliz, com o mesmo brilho nos olhos que tinha na infância. Está fazendo o que ama, aprender!!

Várias pesquisas já mostraram que o principal para um alto desempenho é a  motivação e estratégias eficientes de aprendizagem. Estudante motivado, ama aprender e vai além do que é pedido em sala de aula, estuda horas em casa por prazer e quer sempre mais. Sabendo como estudar direito aí não tem limites.  

Gostaria de sugerir aos pais que vissem o filme Mãos Talentosas com seus filhos. É a história de Ben Carson interpretada pelo ator Cuba Gooding Jr. (tem no NETFLIX).

Espero estar ajudando de alguma forma.

Abç.,





sexta-feira, 30 de outubro de 2015

INSCRIÇÕES PARA FAETEC-2016

Queridos pais e estudantes,

As inscrições para o concurso da FAETEC para o ano letivo de 2016 estarão abertas no período
01/11/2015 a  29/11/2015 e poderão ser feitas por meio da internet www.faetec.rj.gov.br ou diretamente na FBR: http://concursos.biorio.org.br.
Para quem não conseguir fazer elas também poderão ser feitas nos Polos Faetec Digital que estão relacionados no Anexo V do edital, somente dias úteis das 10h às 17h.

Todos os anos as pessoas têm dúvidas sobre concomitância interna e externa.

  • Concomitância interna é quando o aluno faz o ensino médio e técnico juntos na FAETEC (para alunos que terminaram o 9º ano e vão cursar o ensino médio técnico)
  • Concomitância externa é quando o aluno faz o ensino médio em outra escola e faz só o técnico na Faetec (o aluno precisa estar terminando o 1º ano e fará o 2º e 3º ano na escola que estuda junto com o técnico na Faetec) 
  • Subsequente é quando o estudante já concluiu o ensino médio e quer fazer só o técnico na FAETEC.
A FAETEC atende desde a creche até a faculdade, são várias oportunidades. Vejam tudo no site www.faetec.rj.gov.br em Concursos e Unidades.
Todas essas informações estão nos editais, leiam com atenção antes de fazer a inscrição.

Boa Sorte!!


Inscrições prorrogadas para o Colégio Pedro II - 2016


Prezados pais e estudantes,

As inscrições para o concurso de alunos para o colégio Pedro II foram prorrogadas por causa da greve do Banco do Brasil. Veja no edital http://www.cp2.g12.br/images/comunicacao/2015/OUTUBRO/retificacao_edital.pdf

O pagamento pode ser feito nos caixas eletrônicos para quem tem conta no Banco do Brasil ou direto no caixa (quando a greve acabar). Caso a data de vencimento tenha passado uma segunda via do boleto pode ser retirada.

No site abaixo são feitas inscrições ou retirada da 2ª via do boleto:
www.acessopublico.org.br/cpdois/index/4

Não esqueça de ler o edital, nele também tem o conteúdo programático da prova para preparação do candidato.

Boa Sorte !!!


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Inscrições para o ensino médio nas escolas NAVE, NATA, ERICH HEINE, MIÉCIMO e outras na Matrícula Fácil


Queridos jovens e pais,

O período de transição acadêmica para os alunos do ensino fundamental (9º ano para o ensino médio) não é muito bem orientado nas escolas. Alunos das escolas municipais precisam se inscrever para as escolas estaduais e por falta de informação e orientação muitos acabam indo para escolas mais próximas da residência e até outras escolas que não gostariam de estudar, ficando desestimulados e até desistindo da vida acadêmica.
Este ano as inscrições da Matrícula Fácil está diferente, onde alunos sem orientação perderão uma grande oportunidade. Algumas escolas estaduais diferenciadas, onde o ingresso antes era feito através de concurso ( NAVE, ERICH HEINE, MIECIMO, NATA, etc ) este ano estão incluídas na matrícula fácil. Então além das escolas estaduais de ensino regular da região o candidato poderá escolher uma escola de ensino médio vocacional profissionalizante ou intercultural com ensino bilíngue.
A tabela abaixo mostra essas escolas, o curso e o endereço delas para facilitar a escolha.
Ao entrar no site leia o edital e se informe melhor sobre os critérios do processo seletivo antes de fazer a inscrição.
Faça uma escolha com sabedoria. Boa Sorte!

PERÍODO DE INSCRIÇÃO: 26/10/15 a 01/12/15

A matrícula será efetuada diretamente no site onde estão todas as informações:
http://www.matriculafacil.rj.gov.br/

ENSINO MÉDIO INTEGRADO • Modalidade instituída pelo Decreto 5.154/04 que prevê a integração da educação profissional às diferentes formas de educação, ao trabalho, à ciência e à tecnologia. • Compreende o Trabalho, a Ciência, a Tecnologia e a Cultura como categorias indissociáveis da formação humana.

OPÇÕES DE ESCOLAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
  • ENSINO MÉDIO VOCACIONAL PROFISSIONALIZANTE
    ESCOLAS
    CURSO
    ENDEREÇO
    CEIA Barão de Langsdorff

    Técnico em Agropecuária
    Estrada da Conceição, nº 4661 – Fazenda Conceição do Suruí – Magé - RJ
    CEFFA CEA Rei Alberto I -

    Técnico em Administração
    Estrada dos Três Picos – Baixada da Salina – Nova Friburgo - RJ
    CE Dom Pedro II

    Técnico em produção de Áudio e Vídeo; Téc. em Química
    Rua do Imperador, nº 400 – Centro – Petrópolis - RJ
    CE Infante Dom Henrique
    Técnico em Hospedagem
    Rua Belfort Roxo, nº 433 – Copacabana – RJ

    CE José Leite Lopes

    NAVE
    Téc. em Multimídias, Téc. em Roteiros para Mídias, Téc. em Programação de Jogos Digitais
    Rua Uruguai. Nº 204 – Tijuca - RJ
    CE Comendador Valentim dos Santos Diniz - NATA
    Téc. em Leite e Derivados; Tec. em Panificação
    Rua Cap. Juvenal Figueiredo, s/n° - Colunbandê- São Gonçalo - RJ
    CE Erich Walter Heine 
    Téc. em Administração
    Rua Manoel Lourenço dos Santos, s/n° - Santa Cruz - RJ
    CIE Miécimo da Silva
    Téc. em Administração; Téc. em Edificações e Téc. em Informática
    Rua Augusto Candini, s/nº - Campo Grande – RJ
    CE Hebe Camargo
    Téc. em Telecomunicações
    Rua Belquior da Fonseca, nº 1025 – Pedra de Guaratiba - RJ

    ENSINO MÉDIO VOCACIONAL INTERCULTURAL
    Nestas unidades o ensino é bilíngue com o idioma do país de intercâmbio
    Escola
    Intercâmbio
    Endereço
    CE Hispano Brasileiro João Cabral de Melo Neto
    Brasil - Espanha
    Rua Venceslau, nº 225 – Méier
    CIEP 449 Leonel de Moura Brizola
    Brasil – França
    Rua Carlos Ermelindo Martins s/nº - Charitas – Niterói
    CIEP 117 Carlos Drummond de Andrade
    Brasil – Estados Unidos
    Rua Tomaz Fonseca, nº 650 – Comendador Soares – Nova Iguaçú – RJ
    CE Matemático Joaquim Gomes de Souza
    Brasil – China
    Foco em matemática
    Rua Trovador Luis Otávio – Charitas – Niterói - RJ
    CIEP 218 Ministro Hermes de Lima
    Brasil – Turquia
    Av. Rui Barbosa, s/nº - Jardim Gramacho – Duque de Caxias

    ENSINO MÉDIO ARTICULADO AO ENSINO TÉCNICO
    ESCOLA
    CURSO
    ENDEREÇO
    CE Jornalista Maurício Azêdo
    Téc. em Logística
    Rua Carlos Seixas. s/nº - Cajú - RJ
    CE Circulo Operatório
    Téc. em Metrologia e Téc. em Biotecnologia
    Av. Tiradentes, nº 04 – Xerém – Duque de Caxias
    CIEP 111 Gelson Freitas

    Rua Ricardo, s/nº - Santo Elias – Mesquita - RJ
    CE São João

    Rua Bambi – Parque Santiago – Queimados - RJ
    CIEP 493 Professora Antonieta Salinas de Castro

    Rua Olavo Bilac, 161 – Nova Esperança – Barra Mansa - Rj

Em TIRE SUAS DÚVIDAS tem o link das escolas.  Clique para ver melhor as informações da escola  que você gostou.
http://www.matriculafacil.rj.gov.br/Duvidas.aspx

sábado, 15 de agosto de 2015

Histórias de sucesso - Acompanhando alunos talentosos da escola pública do 6º ano até a universidade.


Neste blog eu relato casos de alunos talentosos que teriam perdido oportunidades de desenvolverem seus talentos e de terem seus sonhos realizados se não tivessem (desde cedo) sido conscientizados do seu potencial, tido estímulos, preparação, orientação e oportunidades para desenvolvê-lo. Tudo isso gerou motivação para que eles superassem os obstáculos para conquistar uma educação de qualidade.

                                         (Formatura 9º ano - E.M. Presidente Médici - 2010)
Um dos objetivos do projeto é preparar e indicar esses alunos para a conquista de   bolsas de estudo. A Thaiane e a Jesielle foram bolsistas do  projeto ISMART (já relatado em outra postagem), o Marcos foi bolsista do projeto Colibri da Aeronáutica (também já relatado) e a Thaiane não conseguiu bolsa, sendo preparada pelo projeto Abrindo Horizontes na escola. Porém o resultado deles foram semelhantes, tanto nos concursos para o ensino médio como para o ensino superior.  Provando que eles podem e devem ser preparados na própria escola, uma vez que as organizações que preparam alunos brilhantes não comportam todos.

Resultado desses alunos no concurso do Pedro II em 2010. 
Notas em matemática:
• Rafhaela = 9,5;
• Thaiane 9,5
 Jesielle =10 (2ª colocada);
 Marcos =  7,5

   Ensino Médio
   Rafhaela, Marcos e Thaiane cursaram o ensino médio no Colégio Pedro II em Realengo e a Jesielle cursou o ensino médio no Colégio Santo Inácio em Botafogo com bolsa de 100%. 

   ENSINO SUPERIOR
   
 A dedicação aos estudos e a persistência desses alunos fizeram com que eles hoje estejam felizes e realizados nos cursos que escolheram.
Rafhaela cursa Engenharia Química na UERJ;
Thaiane cursa Ciências Sociais na UFRJ;
Jesielle cursa Medicina na Estácio com bolsa de 100% pelo ProUni;
Marcos está cursando EsSa (Escola de Sargento das Armas - Exército). Irá se formar este ano e fará o vestibular para direito.

 Esses alunos mostraram-se crianças dedicadas e esforçadas desde que as conheci no 6º ano (11 anos), e como não deixo bons alunos se perderem, eles tiveram todo apoio que precisaram. Hoje eles estão com 19 anos, na Universidade e ainda tenho o prazer de acompanhá-los neste percurso e irei até a formatura, como fiz com os outros (postagens anteriores).
              Caloura de Medicina-2015

domingo, 5 de julho de 2015

Inscrições para o processo seletivo do Colégio Pedro II / 2016

Queridos estudantes,

A Pró-reitora do Colégio Pedro II, professora Eliana Myra liberou um comunicado na página do Colégio avisando aos candidatos sobre o processo seletivo para 2016:
  • A data da liberação do edital deverá ser na segunda quinzena de agosto.
  • A data provável da prova deverá ser em 18 de outubro de 2015.

http://www.cp2.g12.br/ultimas_publicacoes/211-noticias2015/3164-processo-seletivo-de-novos-alunos-j%C3%A1-tem-data-provis%C3%B3ria.html

É importante que os pais providenciem os documentos de identidade e CPF das crianças, pois será necessário no momento da inscrição.

Prepare-se e boa sorte!

Todo estudante precisa ir se tornado cada vez mais autônomo em relação aos estudos. Sempre digo duas frases para tirar os meus alunos adolescentes da "zona de conforto".

1ª ) Você não precisa de tempo para fazer algo, mas precisa fazer algo com o seu tempo!
       Significa que não adianta dizer que não tem tempo de estudar, você precisa organizar seu tempo  para estudar. É uma questão de disciplina e organização.
        Que tal usar o tempo gasto no face e no whatsApp para estudar? Ponha no planejamento diário tempo para ver as mensagens, mas não fique o dia todo nisso.

2ª) Se eu sei o que não sei, já sei o que devo aprender!
      Quando não estudamos não temos noção do quanto não sabemos, mas quando começamos a estudar começamos a entrar em desespero porque descobrimos que não sabemos muita coisa.
      Isso não deve ser motivo de tristeza e sim de alegria, porque a partir deste momento tomamos consciência da realidade e assim podemos reagir para mudá-la. Isso é muito bom. Ficar na ignorância que é ruim!
   
Exemplo: Você vai fazer um exercício que tem fração e erra ou não consegue fazer. Já  descobriu que não sabe fazer operações com frações. Então já descobriu o que tem que estudar - Operações com frações. Entendeu?

Então estude muito e a cada coisa que descobrir que não sabe, corra atrás para aprender. É só pôr o nome do conteúdo no google que vão aparecer várias páginas de conteúdo e aulas no youtube. Busque livros, apostilas, amigos, pais, professor da escola, etc. Mas não deixe essa pedra atrapalhar o seu caminho. A sua cognição (forma como o cérebro percebe, aprende e transforma a informação) depende de você e não do seu professor da escola.
Perca o medo de errar.  Eu prefiro substituir o termo errar por "ainda não está certo". Isso te dá mais ânimo para continuar tentando, tentando, até acertar e ai... descobre duas coisas: a primeira é que aprender é muiiiito bom e a segunda é que você é capaz de aprender sozinho. Isso melhora sua autoestima e te dá muita felicidade.

Estudar não é caminho de tristeza e sim de alegria, realização e felicidade.

Seja motivado e autônomo. Corra atrás do seu sonho!

Espero ter ajudado!

Um abraço,